O Ano Novo Japonês

29 de Dezembro de 2016

Ano Novo Japão

Happy New Year, Japan!Imagem: Jeff Krause

O ano novo é uma das datas festivas mais importantes do calendário japonês. Até o ano de 1873 o ano novo do Japão seguia o calendário lunar chinês e era celebrado na mesma data que os chineses, coreanos e vietnamitas comemoram. Mas, após a restauração Meiji o país adotou o calendário gregoriano e a data passou oficialmente para janeiro, como a nossa. Várias tradições e costumes bem peculiares são realizados nos dias de feriado que se seguem, oficialmente, dos dias 1º a 3 de janeiro, denominados 正月しょうがつ (shôgatsu). Porém, os japoneses costumam iniciar preparativos e festividades antes dessa data, e alguns prosseguem até uns dias depois. Mas, diferente das comemorações ocidentais, no Japão as celebrações têm um fundo mais espiritual e religioso. A maioria delas está diretamente ligada às religiões predominantes do país, o budismo e o xintoísmo.

Para os japoneses as celebrações são uma maneira de deixar para trás o ano que passou, com sentimento de gratidão, mas buscando esquecer as dificuldades daquele ano e celebrar o início de uma fase nova. Até antes do dia 31 muitas pessoas participam de festas de fim de ano chamadas 忘年会ぼうねんかい (bônenkai), que são encontros com o pessoal do trabalho, da escola, normalmente são realizadas em restaurantes e bares, com o intuito de confraternizar e agradecer pelos feitos do ano que passou. O interessante é notar que os ideogramas que formam a palavra 忘年会 (bônenkai) significam esquecer (), ano () e encontro (), ou seja, o propósito do encontro é celebrar e agradecer pelo ano que passou, mas depois esquecê-lo, para começar novas vivências e não se prender ao passado.

Outro costume de fim de ano, e um dos mais tradicionais, é o 大掃除おおそうじ (ôsôji), que literalmente quer dizer “a grande limpeza”, quando os japoneses fazem uma faxina completa em casa e toda a família ajuda.

Oosouji

A família toda ajuda na limpeza.Imagem: Slow Life


E o 煤払いすすはらい (susuharai), que é a limpeza nos locais externos, no trabalho, nas escolas, nos parques. Essa limpeza não está relacionada somente com higiene, mas também tem um fundo espiritual, pois significa a purificação, eliminar toda a sujeira física e espiritual para começar o novo ano com tudo limpo e organizado.

Omamori

Amuleto comprado no ano novo.Imagem: Ume-Y


O último dia do ano, dia 31, é chamado 大晦日おおみそか (ômisoka), dia que simboliza a preparação para o novo ano que vai iniciar. Algumas famílias decoram as casas com enfeites especiais, que simbolizam oferendas aos deuses.

Ano novo no Japão

Decorações de ano novo.Imagem: Wikimedia


São preparadas também as refeições especiais de final de ano que, segundo a superstição, devem ser consumidas na véspera para trazer longevidade, saúde, prosperidade e boa sorte no ano que vai começar. As comidas mais tradicionais do 正月 (shôgatsu) são o bolinho de arroz もち (mochi), o macarrão de trigo sarraceno 年越としこし蕎麦そば (toshikoshi soba), a sopa 雑煮ぞうに (ozôni), e a refeição que é praticamente uma arte, disposta em uma caixa decorada, o 節料理せちりょうり (osechi ryôri). As bebidas mais tradicionais para a data são o 甘酒あまざけ (amazake), bebida levemente adocicada feita de arroz fermentado e com baixo teor alcoólico e o 屠蘇とそ (otoso), o vinho de arroz usado para brindar na virada.

Osechi

Osechi, a refeição artística do ano novo.Imagem: David Z


À meia noite do dia 31 são tocadas 108 badaladas nos sinos dos templos, cerimônia chamada 除夜じょやかね (joya no kane), para saudar o novo ano e purificar os 108 pecados existentes no homem.

Joya no Kane

Cerimônia Joya no Kane.Imagem: Kyoto-Picture


A primeira visita ao templo, o 初詣はつもうで (hatsumôde) ocorre do dia 31 ao dia 3, quando inúmeras famílias vão aos templos para fazer suas orações e preces para o novo ano que se inicia. Muitas pessoas costumam fazer essa visita usando trajes tradicionais, e quem escolhe ir na virada chega a enfrentar filas gigantescas e espera de horas.

Hatsumoude

Multidão no Hatsumōde.Imagem: Mrhayata


Nessa época de ano novo as pessoas normalmente viajam para a casa dos familiares, e no dia 1º alguns também costumam se reunir para assistir ao primeiro nascer do sol, o chamado 初日はつひ (hatsuhinode).

Após fazer suas orações, o costume é comprar no templo o おみくじ (omikuji), um pequeno papel escolhido aleatoriamente de uma caixa, onde vem escrito a sua sorte para o ano. A tradição é que após lê-lo, a pessoa deve amarrar o papel em algum local do santuário, por isso, nessa época pode ser visto um local com vários papéis amarrados, geralmente em galhos de árvores nos templos.

Omikuji

Omikuji.Imagem: Jpellgen


Entre os muitos costumes, tradições e rituais (que não vou conseguir citar todos aqui), um dos mais interessantes também, principalmente para as crianças, é a tradição do 年玉としだま (otoshidama). São envelopes coloridos muito かわいい (kawaii), ou, fofos, que são entregues às crianças e adolescentes pelos parentes dos dias 1º a 3, contendo uma quantia de dinheiro, valor que varia de acordo com a idade das crianças mas, normalmente, é dada a mesma quantia quando há mais de uma criança na mesma casa, para que ninguém se sinta menosprezado. Essa tradição é mantida visando ensinar as crianças a poupar, e incentivar a aprender desde cedo a administrar suas finanças.

Otoshidama

Otoshidama.Imagem: John Nakamura


Outro costume muito legal são os cartões postais de fim de ano, chamados 年賀状ねんがじょう (nengajô), que os japoneses trocam entre si, com colegas de escola, trabalho, clientes, amigos, conhecidos, família. Os cartões são vendidos em papelarias e têm decorações diversas e, quando postados até uma certa data, normalmente até o natal, são entregues pelos correios no dia 1º. Então, você tem um trabalhão para escrever muitos cartõezinhos, mas fica たのしみ (tanoshimi), ou ansioso, para que no primeiro dia do ano sua caixa postal também esteja lotada de postais de todos os tipos. É uma tradição super importante para os japoneses, pois a pessoa que recebe fica feliz por ter sido lembrada, e a pessoa que envia precisa ficar atenta para nunca esquecer de ninguém! Mas, apesar de toda essa tradição, parece que aos poucos a inovação tecnológica quer alcançar esse campo também e, para 2015, já existem algumas empresas apostando nos 年賀状ねんがじょう (nengajô) digitais!

Nengajou

Nengajô.さかもとかみてん


E, por falar em tradição, outra “tradição” anual para aqueles que não são tão “tradicionais” a ponto de querer ir ouvir os sinos nos templos e fazer a sua primeira visita no dia 31 à meia noite, é o famoso NHK 紅白歌合戦こうはくうたがっせん (NHK Kôhaku Uta Gassen)! É o show televisivo musical, transmitido pela emissora NHK no dia 31, começando lá pelas 19h e terminando um pouco antes da meia noite. O show é uma disputa musical entre o grupo vermelho 赤組あかぐみ (akagumi) das mulheres e o branco 白組しろぐみ (shirogumi) dos homens, e já está na sua 67º edição. Os artistas participantes geralmente são os que mais se destacaram no ano, entre artistas de J-pop, J-Rock e Enka.

Arashi NHK Kouhaku

Arashi no Kouhaku #63.Imagem: NHK


E, para nós, estudantes do idioma, também é importantíssimo alertar para o “Feliz ano novo” japonês! No Japão a felicitação é um pouco diferente, pois existem duas formas de se felicitar pelo ano novo. A primeira é dita até o dia 31 de dezembro, antes da virada! É o いおとし (yoi otoshi wo), que é a abreviação de いおとしをおむかえ/おごしください (yoi otoshi wo omukae/osugoshi kudasai). Essa expressão significa, literalmente, “busque/passe um bom ano” e são os votos ditos até o dia 31 de dezembro, desejando que a passagem seja boa, como se fosse o nosso “boas festas”. A segunda maneira se diz após a virada, que é o けましておめでとうございます (akemashite omedetô gozaimasu). Essa expressão é mais próxima ao nosso “feliz ano novo”, mesmo. É uma felicitação pelo ano que se inicia. O curioso é que o ideograma para けまして (akemashite) tem o significado de luz, claro, e também de abrir, abertura, e o おめでとうございます (omedetô gozaimasu) é a felicitação clássica para parabenizar, então, ao pé da letra, os votos seriam algo como “parabéns por abrir/iniciar” o novo ano.

Então, feliz ano novo, pessoal! Ou, melhor…

みなさん、いおとしを!

Fuji Hanabi

みなさん、良いお年を!Imagem: Jeff Krause


Compartilhe


Comentários